terça-feira, 26 de julho de 2016

Resultados - Pesquisa para Espíritas de 2016 - Parte 1 de 3





Resumo
Lançada em 21 de maio de 2016 e encerrada em 30 de junho de 2016. Elaborada com 40 questões, sendo dez questões de qualificação, sete para trabalhadores e 23 para todos os espíritas.
Utilizado o formulário eletrônico disponibilizado pelo Google que facilita seu preenchimento por celulares, tablets e computadores. Para distribuição foram utilizados e-mails e publicações nas redes sociais. Com essa decisão, uma parte do público que não tem familiaridade com essa tecnologia, que imagino seja pequena, deixou de ter acesso a essa pesquisa
A população alvo foram os espíritas estimados em 2% da população brasileira, segundo o Censo 2010.
Foram obtidas 4802 respostas válidas provenientes de 715 cidades de todos os estados brasileiros e do Distrito Federal, com maior concentração em SP, RJ e MG.



Objetivos

A finalidade dessa pesquisa é ser útil ao Movimento Espírita, contribuindo com dados indicativos do modo de pensar e agir dos espíritas. É um material que deve ser utilizado para auxiliar as ações de comunicação das instituições e servir ao ambiente de estudo acadêmico ou fora dele.



Relevância

Desde a primeira edição em julho de 2015, essa pesquisa foi inédita no Movimento Espírita por sua abrangência nacional e pela preocupação em conhecer como pensam e atuam os espíritas.

Ela tem identificado e apurado também pela primeira vez, algumas crenças que circulam no Movimento Espírita. Muitas delas são aceitas pelos espíritas por identificação emocional com sua essência, sem maior análise e comparação com as obras básicas e complementares, demonstrando que o processo de assimilação de crenças é diferente do processo de absorver conhecimento e pode prevalecer sobre este.

Embora essa pesquisa não seja tecnicamente probabilística, ela tem seu mérito por mostrar tendências e preparar o terreno para futuras pesquisas.

As instituições espíritas carecem de indicadores que são a base para o planejamento e uma boa gestão. Mais pesquisas devem ser feitas para melhor compreensão do pensamento e das ações dos espíritas.

Centros espíritas deveriam pesquisar a satisfação dos voluntários, frequentadores e assistidos, o correto entendimento das suas atividades e quão plenamente os serviços prestados atendem as necessidades e expectativas das pessoas, para promoverem mudanças produtivas ou esclarecimentos necessários.



Autoria

A Pesquisa Nacional para Espíritas é uma iniciativa de Ivan Franzolim, escritor espírita, membro fundador da ADE-SP Associação de Divulgadores do Espiritismo de São Paulo, formado em Administração de Empresas com especialização em Marketing de Serviços (FGV) e pós-graduado em Comunicação Social (Cásper Líbero).

Em anexo há o trabalho estatístico de Análise de Conglomerados que foi oferecido pelo companheiro de Rondônia, Jorge Elarrat, formado em Engenharia Eletrônica na Universidade Federal do Pará (UFPA), pós-graduado em metodologia do ensino superior e mestre em administração, com passagem pelo IBGE e como titular da Secretaria de Estado da Educação.

Resultados das Questões
Seguem as questões em ordem numérica e as respostas obtidas.

01.Sexo
As mulheres predominam no movimento espírita. Os dois Censos anteriores de 2000 e 2010 já registraram e quem visita as instituições espíritas logo percebe a maior participação feminina tanto entre os trabalhadores, como entre os frequentadores. A pesquisa mostra um resultado de quase ¾.

01.Sexo
Qtde.
%
Masculino
 1.257
26,2%
Feminino
 3.545
73,8%

4.802
100,0%
 
02. Idade
A pesquisa revela uma quantidade pequena de adolescentes entre 14 a 17 anos. A faixa etária com maior número de espíritas é entre 18 a 29 anos, com 36,2%. De 14 a 39 anos se concentra a maioria dos espíritas com 66,2%. A idade média dos espíritas é 35,4 anos
02. Idade
Qtde.
%
14 a 17
    194
4,0%
18 a 29
 1.739
36,2%
30 a 39
 1.247
26,0%
40 a 49
    743
15,5%
50 a 59
    599
12,5%
60 a 69
    245
5,1%
70 a 79
       34
0,7%
> 80
         1
0,0%

4.802
100,0%

03. Há quantos anos você é espírita?
Média de 16,2 anos de vivência espírita, o que representa que a maioria dos espíritas se tornou espírita depois da adolescência ou da idade adulta.
03. Há quantos anos você é espírita?
Qtde.
%
0 a 1
    261
5,4%
2 a 5
    925
19,3%
6 a 10
    893
18,6%
11 a 20
 1.264
26,3%
21 a 30
    904
18,8%
31 a 40
    345
7,2%
41 a 50
    119
2,5%
> 50
       91
1,9%
Total
4.802
100,0%

04. Formação escolar
A escolaridade dos espíritas é elevada, conforme o IBGE já tinha constatado nos últimos Censos. A maior parte, 76% possui formação Superior ou posteriores.
04. Formação escolar
Qtde.
%
Ensino Fundamental
       87
1,8%
Ensino Médio
 1.065
22,2%
Ensino Superior
 2.212
46,1%
Pós, especialização, mestrado...
 1.438
29,9%
Total
4.802
100,0%


05. Faixa de renda
Segundo o IBGE no Censo 2010, a renda dos espíritas é um pouco maior que de outras religiões, acima de cinco salários mínimos eram 19,7%. Nessa pesquisa, acima de quatro salários somaram 36,2%.

05. Faixa de renda
Qtde.
%
Acima de 20
    100
2,1%
Acima de 10 e até 20
    419
8,7%
Acima de 4 e até 10
 1.219
25,4%
Acima de 2 e até 4
 1.208
25,2%
Até 2 salários mínimos
 1.022
21,3%
Não tenho renda própria
    834
17,4%
Total
4.802
100%

06. Estado onde reside / Quantidade de Cidades da Amostra
Houve participação de todos os estados e do Distrito Federal, abrangendo mais de 700 cidades.
Uma grande concentração nos três estados mais populosos (SP, MG, RJ) atingindo 61,5%. Amapá e Roraima foram os estados com menor participação.

06. Estado onde reside
Sigla
Qtde.
Cidades
%
Acre
AC
37
1
0,8%
Alagoas
AL
25
3
0,5%
Amapá
AP
11
1
0,2%
Amazonas
AM
53
4
1,1%
Bahia
BA
230
47
4,8%
Ceará
CE
87
16
1,8%
Distrito Federal
DF
104
16
2,2%
Espírito Santo
ES
84
17
1,8%
Goiás
GO
120
32
2,5%
Maranhão
MA
36
7
0,8%
Mato Grosso
MT
36
12
0,8%
Mato Grosso do Sul
MS
30
7
0,6%
Minas Gerais
MG
504
104
10,5%
Pará
PA
70
12
1,5%
Paraíba
PB
42
12
0,9%
Paraná
PR
187
39
3,9%
Pernambuco
PE
146
25
3,0%
Piauí
PI
38
4
0,8%
Rio de Janeiro
RJ
607
46
12,6%
Rio Grande do Norte
RN
47
8
1,0%
Rio Grande do Sul
RS
233
62
4,9%
Rondônia
RO
39
8
0,8%
Roraima
RR
4
1
0,1%
Santa Catarina
SC
152
42
3,2%
São Paulo
SP
1843
179
38,4%
Sergipe
SE
16
5
0,3%
Tocantins
TO
19
5
0,4%
Total

4.800
715
100%
Duas respostas do Exterior totalizando 4.802.


07. Cidade onde reside
Foram registradas 715 cidades, cujas quantidades por estado constam da tabela anterior.

08. Endereço opcional de e-mail para receber o resultado da pesquisa
A pesquisa despertou a confiança dos participantes que espontaneamente informaram seus e-mails.

08. Forneceu e-mail
Qtde.
%
Sim
 3.784
78,8%
Não
 1.018
21,2%
Total
 4.802


A grande maioria preferiu usar o e-mail pessoal. Hotmail e Gmail lideram as preferências.
Ocorreram apenas 3 endereços de instituições espiritas (.org).

Provedores de e-mail utilizados
Qtde.
%
Hotmail
 1.624
42,9%
Gmail
 1.620
42,8%
UOL
       94
2,5%
.COM
       91
2,4%
Outlook
       64
1,7%
Bol
       62
1,6%
(Outros)
       45
1,2%
Terra
       44
1,2%
Live
       36
1,0%
IG
       25
0,7%
Globo
       23
0,6%
Yahoo
       16
0,4%
MSN
       13
0,3%
Oi
         8
0,2%
Gov
         6
0,2%
Icloud
         5
0,1%
.ORG
         3
0,1%
R7
         2
0,1%
Superig
         2
0,1%
Ibest
         1
0,0%
Total
3.784
100,0%

9. Você tem parentes, familiares ou amigos trabalhando no Centro Espírita?
Com os dados dessa pesquisa podemos afirmar que os Centros Espíritas reúnem familiares e amigos, mesmo entre aqueles que são apenas frequentadores.

9. Você tem parentes...
Qtde.
%

Sim
 3.741
77,9%

Não
 1.061
22,1%

Total
 4.802




9. Você tem parentes...

10. Qual é o seu relacionamento...
Não
Sim
%
Total

Frequentador
774
1.575
67,0%
2.349

Trabalhador
287
2.166
88,3%
2.453

Total
1.061
3.741

4.802











10. Qual é o seu relacionamento com Centro ou Instituição Espírita?
A pesquisa apresentou um equilíbrio entre frequentadores e trabalhadores, com ligeira predominância deste último. No movimento espírita deve haver mais frequentadores do que trabalhadores.

10. Qual é o seu relacionamento com Centro...
Qtde.
%
Frequentador
2.349
48,9%
Trabalhador
2.453
51,1%
Total
4.802
100,0%

Aqueles que ocupam cargos de direção somaram 7,9%.

10. Qual é o seu relacionamento com Centro...
Qtde.
%
Frequento esporadicamente (de vez em quando)
829
17,3%
Frequento mais regularmente
1.239
25,8%
Nenhum. Frequento raramente
281
5,9%
Sou dirigente, ocupo cargo de diretor ou presidente
377
7,9%
Sou trabalhador voluntário
2.076
43,2%
Total
4.802
100,0%

11. Há quantos anos você trabalha em Centro ou Instituição Espírita?
Os novos voluntários, que trabalharam entre zero e 5 anos, totalizaram 48,6%. Acima de 20 anos de atividade se encontram 13% dos participantes. A média de anos de trabalho é 9,8 anos.

11. Há quantos anos você trabalha...
Qtde.
%
0 a 1
      358
14,6%
2 a 5
      834
34,0%
6 a 10
      487
19,9%
11 a 20
      456
18,6%
21 a 30
      216
8,8%
31 a 40
        71
2,9%
> 40
        31
1,3%
Total
  2.453
100,0%

12. Qual sua atividade principal no Centro ou Instituição Espírita?
As atividades chamadas de “evangelização” tiveram maior participação, com 8,4%. Em segundo lugar encontramos as atividades relacionadas com “passes”, apresentando 5,3%. Alguns não explicitaram a atividade exercida limitando-se a se declararem “trabalhador”(4,1%).


Alguns mencionaram colaborarem com a área de Comunicação (3,3%). Se considerarmos as Palestras e o Atendimento Fraterno como atividades de comunicação, então teremos 9,2% dos trabalhadores nessa área, superando a evangelização.
 


12. Qual sua atividade principal...
 Qtde.
%
(vazio)
        2.349
48,9%
Evangelização
           401
8,4%
Passista
           254
5,3%
Dirigente
           242
5,0%
Trabalhador*
           198
4,1%
Comunicação Social
           160
3,3%
Atendimento Fraterno*
           171
3,6%
Outras
           165
3,4%
Médium
           161
3,4%
Palestrante, Orador, Expositor, Preletor
           109
2,3%
Estudo
             95
2,0%
Diversas (mais de uma atividade)
             90
1,9%
Mocidade, Juventude
             68
1,4%
Assistência social
             65
1,4%
Assistência Espiritual
             59
1,2%
Doutrinador, Esclarecedor, Dialogador
             51
1,1%
Administrativo, Financeiro
             45
0,9%
Educador, Instrutor, Professor
             37
0,8%
Secretaria
             33
0,7%
Biblioteca, Livraria
             32
0,7%
Música, Coral, Arte, Dança, Teatro
             17
0,4%
Total
4.802
100%
                      Trabalhador:  Ajudante, Apoio, Auxiliar, Colaborador, Tarefeiro, Facilitador, Encaminhador, Servidor, Voluntário.
Atendimento Fraterno: Acolhimento, Atendimento Fraterno, recepção, orientador, monitor, entrevistador.



13. Você recebeu treinamento para exercer essa atividade e o que achou?
As respostas indicam que as casas espíritas possuem preocupação quanto à qualidade dos serviços e proporcionam treinamento para boa parte das atividades. Receberam treinamento 78,1% dos trabalhadores.

13. Você recebeu treinamento...
Qtde.
%
Não recebi treinamento
537
21,9%
Recebi e me ajudou bastante
1860
75,8%
Recebi e pouco me ajudou
56
2,3%
Total
2453
100,0%

14. Você aplica passes no Centro Espírita?
Essa pergunta foi feita apenas para os trabalhadores e revela que a atividade de “passes” é a mais comum (60%), embora na questão 12 não tenha sido considerada como atividade principal.

14. Você aplica passes no Centro Espírita?
Qtde.
%
Não
980
40,0%
Sim
1.473
60,0%
Total
2.453
100,0%

 



15. Como você acha que está sendo aproveitada a mediunidade no Centro Espírita?
A maioria dos trabalhadores entende que está sendo bem aproveitada (62,8%). Seria preciso entender melhor o que cada um entende como “bem aproveitada”. Tenho visto médiuns de psicofonia em muitas casas, que não estão exercendo a mediunidade por falta de espaço já ocupado por outros médiuns. Também recebi queixas de médiuns que participam de reuniões e psicografam mensagens há anos em cadernos, as quais não são dadas maior atenção e orientação.

15. Como você acha que está sendo...
Qtde.
%
De modo geral está bem aproveitada
1.541
62,8%
Muito pouco aproveitada
81
3,3%
Não sei
202
8,2%
Poderia ser mais bem aproveitada
629
25,6%
Total
2.453
100%


Veja a continuação dos dados de resultados nas postagens:

   Resultados - Pesquisa para Espíritas de 2016 - Parte 2 de 3
   Resultados - Pesquisa para Espíritas de 2016 - Parte 3 de 3